Não tem Nada…

Este texto não tem figura, não tem piada, não tem letra de música e nem histórias inventadas. Não tem manchete chamativa, nem sangue, nem opiniões e muito menos frases feitas. Não tem sirenes, buzinas, sinal vermelho e nem apito do guarda de trânsito.

Este texto não tem trilha sonora, nem fotografia e muito menos ‘making off’. Não tem roteiro, nem diretor, produtor, ator ou texto definido.

Este texto não tem sentido, nem senso, nem rumo, nem prosa e nem verso. Não tem cor, raça, credo ou descrença. Não tem agenda, hora, reunião programada ou encontro marcado.

Este texto não tem romance, comédia, suspense, terror nem drama. Não tem porta, janela, chão e muito menos cama. Não tem barulho, silêncio e nem eco.

Este texto não quer dizer nada, não escuta, não pergunta e também não responde. Não quer fazer propaganda pela paz mundial ou pelos direitos humanos que não protegem os humanos direitos, nem os de esquerda, nem os de centro, e muito menos os sem opinião..

Este texto não tem nada disso e ao mesmo tempo tem tudo isso.

Talvez tenha sido escrito a partir de uma piada, uma música, uma manchete, opiniões, sirenes, buzinas, sinais vermelhos e guardas. De uma trilha sonora, uma fotografia, cor, raça ou credo. Talvez tenha sido escrito em absoluto silêncio desesperado por barulho. Talvez seja baseado em romance, comédia, terror ou drama. E talvez queira dizer algo, mesmo que tenha negado sempre.

Talvez tenha contido nele medo, alegria, tristeza, lembrança, saudade, esquecimento, esperança. Talvez ele revele que todos os sentidos apenas nos enganem. Ou talvez ainda tome forma de um desejado grito de liberdade. Mas talvez, mesmo assim, continue não tendo nada. Não dizendo nada. Mesmo que tenha buscado… sempre!

Despejado por Neo em uma noite de muito calor e de pensamentos a mil por hora.

Anúncios

11 pensamentos sobre “Não tem Nada…

  1. Mano, fico maravilhado pelo seu nada, pelo seu tudo. Acho que se fizéssemos essa revisão em “noites de muito calor e de pensamentos a mil por hora” nossa bagagem ficaria mais leve, harmônica. Tenho aprendido a me aceitar melhor e ser o melhor de mim: Eu mesmo. O barato é que muitas vezes temos muitos quartos a visitar dentro de nós. De repente, estamos proseando ao passo que caminho e eles (os que dorme nos quartos) se despertam.

    acho que você vem despertando e convidando outros a perceberem todos os sentidos.

    Abração

  2. Poesia (Carlos Drummond de Andrade)

    Gastei uma hora pensando em um verso
    que a pena não quer escrever.
    No entanto ele está cá dentro
    inquieto, vivo.
    Ele está cá dentro
    e não quer sair.
    Mas a poesia deste momento
    inunda minha vida inteira.

    ===

    a gente às vezes quer dizer tanta coisa.. e não consegue dizer nada..
    às vezes a gente diz tanto.. e não diz nada ao mesmo tempo..

    coisas de seres humanos

  3. Pois é andei viajando um pouco por isso não tenho consegido entrar. Vi o selo que vc me deu e adorei. Assim que tiver um tempinho pra entrar direito na net eu posto. Final de ano já viu né. Tenho que terminar o conteúdo das minhas turmas que vão fazer vestibular, terminar minha monografia, enfim, só correria.
    Bjo. Bjo.

  4. Amoure,vc tbm mora em Brasilia?
    Onde?
    Eu me diverti muito mesmo…Principalmente na festa ontem..shuhasu
    _______________
    Seu texto diz tudo.Seu texto tbm não diz nada.
    Um paradóxo?
    Talvez não.Apenas diga a coisa certa pra pessoa que souber ler com os olhos da alma!!

    bjo lindo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s