Quando os Gênios Foram Burros – Final

TOS traz hoje a edição final da série “Gênios Burros”. A saga das maiores bobagens já levadas a sério na história da ciência.

Gênio Burro: Albert Einstein

Por que ele é um gênio: Transformou todos os conceitos da Física para sempre.

Por que ele é um burro: Descobriu que o Universo está em expansão, depois negou a descoberta, depois assumiu de novo a expansão.

A História:

Em 1900 o Universo era estático. Albert Einstei era apenas mais um físico a acreditar que a Via Láctea e todas as outras galáxias estavam fixas no espaço, e ficariam assim até o fim dos tempos. Mas ele não era um cientista qualquer. Quando Einstei bolou a Teoria da Relatividade – na qual o espaço e o tempo se distorciam em função da massa de energia – , ele descobriu que as contas só fechavam se o Universo estivesse em movimento. Como essa possibilidade era inconcebível até mesmo para ele, inventou uma tal de “constante cosmológica”, que faria tudo ficar paradinho. (Essa constante era tão furada que nem ele mesmo acreditava muito nela quando a inventou).

Doze anos depois o físico americano Edwin Hubble conseguiu comprovar por meio de observações telescópicas que o Universo estava, sim, crescendo. Einstein, gênio do jeito que era, não insistiu na besteira. Reconheceu que sua primeira intuição estava certa e chamou a constante cosmológica de maior erro da sua vida.

Mesmo na burrice ele tinha razão.

Veja também:

Quando os Gênios Foram Burros – Vol 1

Quando os Gênios Foram Burros – Vol 2

Fonte: SuperInteressante

Anúncios

6 pensamentos sobre “Quando os Gênios Foram Burros – Final

  1. Acho que o cara não errou.Apenas mudou de ideia e constatou que sua primeira intuição estava correta.Ele foi corajoso ao admitir isso!Talvez ele tivesse achado que as pessoas não estavam preparadas naquele momento,para aceitar a teoria do universo em expansão.
    Um abraço!

  2. Quando um autor de um blog é burro:
    Quando ele afirma que Isaac Newton descobriu todas as leis da Física! Francamente, essa foi feia!!!

    Vai estudar esses caras, depois me falam se eles foram tão burros quanto você.

    • Alberto, lamentável sua dificuldade de leitura. Em momento algum o autor deste blog “afirmou” qualquer coisa.

      Você não deve ter notado a diferença entre as palavras “descobriu” e “determinou”, como não dever ter notado também que esta é uma matéria publicada na revista SuperInteressante e republicado aqui.

      Então, antes de chamar alguém de burro, preste um pouco mais de atenção.

  3. aheuaheuaiehaeuh
    E eu achando que era indecisa!
    Nem era como se ele estivesse estabelecendo leis e princípios da física, né? imagina.

    Ah, claro.
    Tem “púbrico” novo pra você : Sophie, muito prazer.
    Call me Sops 😀

    beijosdáumaolhadanomeublog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s