Nothing but a big smile

Há um tempo atrás, não sei precisamente quanto, eu vivia me esgueirando pelas ruas, derretendo com o sol ou assustado com as trevas da noite. Nada me chamava a atenção – rua cinza, muro cinza, poluição eram as únicas coisas vistas nesse típico mundo moderno; tudo era muito comum. Várias pessoas passavam pela rua, esbarrando umas nas outras – como sempre. Entretanto, havia algo diferente: uma menina, sentada num banco da praça. Seus olhos estavam voltados para uma antiga fonte cercada por um pequeno lago artificial, agora quebrada. Era uma praça velha, onde ela estava. Velha e degredada pelos humanos – e completamente suja, devo dizer. Peixes? É… devem ter existido um dia. Mas mesmo assim ela olhava. Depois de um tempo ela tirou um caderno de sua mochila e um lápis também. Fui logo ao lugar onde costumava almoçar e depois, no caminho de volta, lá estava ela, no mesmo lugar, desenhando. Fiquei estranhamente contente ao espiar seu desenho ver uma bela paisagem, inspirada naquela velha pracinha. Fui embora, sem sequer perguntar seu nome. Porque nunca quis que perdesse a magia daquele momento. Sem explicações… somente a lembrança era suficiente para me fazer sonhar. Ela tinha um grande sorriso no rosto e nada mais. Não tinha pressa, não tinha receios. Não hesitava em tratar a vida como uma arte. Ela viu a beleza em lugares que pessoas comuns jamais veriam e ainda assim passou despercebida. Poucas pessoas têm esse dom, de viver a vida com um grande sorriso; Sem se importar com o que possa acontecer.

=*=*=*=

Esse é um texto velho

Já foi publicado mas gostaria que os leitores daqui conhecessem um pouco mais de mim e como criar dois posts por dia é muito difícil pra mim ^^

Repetido sim, mas lindo =P

Anúncios

14 pensamentos sobre “Nothing but a big smile

  1. “Não hesitava em tratar a vida como uma arte”

    Bem eu estou procurando palavras para dizer o que eu penso a respeito desse texto, mais a unica coisa que posso dizer é que está sendo bem complicado.

    A vida é uma arte, uma arte abstrata, que cada um interpreta da forma que quer, pode ser bonita, pode ser triste, pode muitas vezes ser interpretada de acordo com a emoção atual daquele que observa.

    Obrigada por mais uma vez me abrir os olhos para o fato que:

    “A vida é bela, nós é que optamos, ou não pela felicidade”

    Beijo Neo, Beijo Betta

    Amei mesmo, se quiser repetir esse texto mais 300 vezes eu vou gostar do mesmo jeito!

  2. Hehe.. que maravilha!!

    Tô vendo que a Betta Albano tá sendo unanimidade no TOS. Aproveito a onda pra parabenizar também!!

    Menina, este seu texto é show!! Vamos esperar outros.

    Brigado gente!!

    Neo

  3. Espiritual… procurei uma palavra para todos esses nortes que minha leitura me levou.

    “somente a lembrança era suficiente para me fazer sonhar.”

    hesitei em comentar pois ainda estou contemplando…

    abraçãoo de novo

  4. A beleza existe por aí, em coisas fáceis de se preceber e em outras que pouco tem a capacidade de olhar. Creio que quando conseguimos ver além das aparências, estamos entrando num estágio de sensibilidade que nos será útil para entender melhor a vida, as pessoas.
    Muito bom, muito lindo.
    Abraço perfumado

  5. Seu texto eh lindo Neo!
    É oq eu sempre falo…As pessoas sempre se importam com as coisas mais insignificantes da vida,jamais com as coisas que realmente sçao relevantes…
    Por isso que o mundo tah como tah hj.
    Se as pessoas dessem o devido valor para um sorriso,um abraço,um bj,não haveriam tantas mortes como há atuaLMENTE…
    Parabéns pelo texto amoure!
    Eu sempre quis desenha tbm…Aho divino…Mas desde criança eu não sei desenhar nem uma floorzinha…Sou péssima(eu num disse casa pq,casa eu sei desenhar…kkk)
    Bjão e bom Finde

  6. E eu já ía parabenizando o Neo pelo post… Difícil descobrir quem é quem por aqui… rsrsrsrs Mas tudo bem, a leitura compensa. Lindo texto. Uma bela representação da importância do pensamento artístico diante da vida…

  7. WOW!!

    Rapá… Quando eu crescer quero escrever bem assim…. rsss
    TOS agradece viu???

    ……….

    CRIS: Ainda bem que de médico e louco todo mundo tem um pouco né? Seguindo esta lógica… acho que vou chegar a felicidade plena também… kkkk

    ISA: Também não sei desenhar nem casinha… é uma decepção pra mim também. Apesar de me virar bem nas artes musicais, eu tbem gostaria de saber desenhar. Bom findi procê tbem.

  8. Juro que a maior decepção de todas da minha vida foi não saber desenhar. Acho o melhor meio de se expressar, melhor que cantar, melhor que dançar, melhor que escrever. Tudo que eu mais queria era desenhar =/

    Bom final de semana, Neo!

  9. lindo mesmo!!! adorei!
    eh realmente, são pouquíssimas as pessoas que vivem com um sorriso e vêem beleza nas pequenas coisas…
    eu mesma, sou taxada de doida pq sorrio pra tudo e de tudo…
    vivo da forma mais feliz possivel… e sou louca…
    é talvez apenas os loucos chegam à felicidade plena…
    Putz viajei agora… kkkkkkkkkk
    lendo muita filosofia… rsrsrsrs
    beijOOssss

    Criis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s