Final…

Quanto tempo a gente tem pra matar a solidão?

Quanto tempo eu tento, tento um sentimento sem razão?

Quanta coisa a gente faz no escuro e diz ter medo da escuridão?

Quantas vezes vi você em cima do muro com mais uma opção?

Enquanto choro ouço a velha história, que quando a chuva cai é fácil se ouvir um trovão.

E quando vejo o sol que invade a minha memória, é tão difícil tentar desviar na contramão…

Lembro das vezes que deixei meu medo. Aquela quarta-feira quando me olhei no espelho

Lembro os olhos, como de um farol a te olhar por dentro transparente como lençol

Se tudo vai bem, se tudo vai mal

Se tudo der certo eu vou até o final…

____________

By, Banda Atma

Anúncios

4 pensamentos sobre “Final…

  1. Oi 😀
    Faz MUITO tempo que passei aqui, e ai esses dias tava dando uma olhada nos antigos comentarios e achei o blog, enfim, vou parar de contar como reencontrei esse blog, mas adorei. Tipo, o texto todo lindinho, cheio de rimas que conseguem trazer consigo a maior contrariedade e a maior certeza do homem, que na minha opinião é o amor.
    Enfim, acho que falei demais. Mas o que queria falar mesmo é que adorei, de verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s