Estrada Nova

Eu conheço o medo de ir embora

De não saber o que fazer com a mão

De gritar pro mundo e saber que o mundo não presta atenção.

Embora não pareça, a dor vai passar.

O sol já nasceu na estrada nova. E mesmo que eu impeça ele vai brilhar.

Eu conheço o medo de ir embora.

O futuro agarra sua mão.

Será que é o trem que passou ou passou quem fica na estação?

Eu conheço o medo de ir embora e nada que interessa se pode guardar…

Lembra, se puder. Se não der, esqueça.

De algum jeito vai passar.

____________

Da minha trilha sonora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s