A Nave…

Só eu sei as esquinas por que passei. Só eu sei…

Sabe lá o que é não ter e ter que ter pra dar?

E quem será, nos arredores do amor, que vai saber reparar que o dia nasceu?

Sabe lá…

Só eu sei os desertos que atravessei. Só eu sei…

Sabe lá o que é morrer de sede em frente ao mar?

E quem será, na correnteza do amor ,que vai saber se guiar?

A nave em breve ao vento vaga de leve

E trás toda a paz que um dia o desejo levou…

Só eu sei…

_________

Esquinas, by Djavan – Adaptado by Neo

Anúncios

5 pensamentos sobre “A Nave…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s