A Ciência do Penalty Perfeito

O que é um pênalti bem batido?

O senso comum futebolístico diz que o ideal é chutar a bola nos cantos do gol, rente à trave e fora do alcance do goleiro. Mas uma pesquisa descobriu que não é bem assim. Após analisar 286 cobranças de pênalti feitas em campeonatos internacionais, psicólogos israelenses chegaram a uma conclusão incrível: na verdade, o melhor é chutar a bola no meio, pois em 93,7% das vezes o goleiro pula para os lados. Isso acontece porque ele é influenciado pelo que os cientistas chamam de “tendência à ação”: prefere tomar a iniciativa e pular, porque a cobrança e os xingamentos da torcida por tomar um gol sem ter saído do lugar serão maiores do que se ele tiver se esticado todo – mesmo que para o lado errado.

Mas a tática não é infalível. Se todos os cobradores de pênaltis mandassem a bola sempre no meio, os goleiros acabariam percebendo o truque. Não dá para chutar sempre no meio ou no lado direito (que é o melhor dos cantos, com 20% mais chance de gol que o esquerdo). É preciso ter categoria para chutar bem e marcar mesmo se o goleiro adivinhar o canto.

___

Fonte:  Superblog

Veja matéria completa clicando aqui.

Anúncios

Um pensamento sobre “A Ciência do Penalty Perfeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s