Letter…

Não que eu tenha me esquecido…

Mas é que as noites têm sido mais longas que minha paciência e o meu sono não comporta tanta displicência em apenas descansar. E os meus olhos ainda insistem em não fechar, apenas pra implicar com o dia seguinte.

E agora, os meus olhos fechados ainda conseguem ver o que eu já devia ter visto há muito tempo, mas este barulho impediu.

Não que isso tenha algo a ver, mas como foi dito… apenas displicência…

Que neste caso não rima com paciência

Muito menos com coerência.

E por isso também esta carta sem remetente, sem destinatário,

Sem sentido algum

Pra ninguém ler

Pra alguém entender

Pra eu saber

Que estas noites precisam da displicência de apenas descansar

Ou esquecer

Que os dias sempre começam no fim da noite e vão me cobrar…

Não que eu tenha me esquecido…

___

Neo

Anúncios

Um pensamento sobre “Letter…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s