Vida e Carreira – Pontualidade

Olá gente,

Quero aproveitar este espaço pra falar também sobre Vida e Carreira. Publicaremos aqui dicas e coisas interessantes que eu encontrar aí pela internet e que eu porventura receber. Espero que seja bom e que você aproveite.

…..

O que a Pontualidade fala sobre você?

Um profissional pontual demonstra controle sobre o próprio tempo, sugere responsabilidade e capacidade de cumprir o que promete. Além disso toda vez que alguém chega atrasado passa a mensagem de que a outra pessoa não está no topo de suas prioridades.

1 – Pontualidade demonstra estabilidade

Ser pontual diz às outras pessoas que você está acima dos problemas e atrasos e que sabe mudar planos e se adaptar a dificuldades. Por outro lado, chegar sempre atrasado deixa uma imagem de irresponsabilidade.

2 – Pontualidade demonstra integridade

Extensão natural do respeito ao tempo alheio, a pontualidade é um valor moral. Quando se marca um compromisso faz-se uma promessa de estar em um local em determinada hora. Promessas quebradas ferem a imagem.

3 – Pontualidade demonstra que você valoriza as outras pessoas

Pessoas de negócios são ocupadas e têm outros compromissos além deste agendado com você. Um atraso grave provoca uma bola de neve que pode arruinar um dia inteiro.

Ser pontual transmite uma mensagem muito direta: eu respeito seu tempo e respeito você.

4 – Pontualidade demonstra valor por si próprio

Demonstra que você respeita seu próprio tempo. Pontualidade constante deixa claro a todos quais as suas prioridades: seus negócios e seus clientes.

Fonte: o excelente site Meta Executiva.com

Anúncios

Novidade-Mania

Sempre gostei da tecnologia. Acho interessante ficar acompanhando a evolução das coisas e até me assusto com a volatilidade destas mesmas coisas. Este gosto pela novidade pode ter a ver com o fato de eu ser um ariano de 14 de abril. Como já disse o poeta… “… vivo de amor profundo, sou perecível ao tempo, vivo por um segundo…”.

Apesar do gosto pelo novo, acabo sempre olhando com uma certa (ou muita) desconfiança para algumas coisas até finalmente resolver saber mais, experimentar e viver aquela novidade.

As últimas, que para mim tem sido gratas novidades (apesar de nem tão novidades assim…), é ter criado um Twitter para o blog e ter descoberto as maravilhas da utilização do RSS, Feed ou seja lá o que for.

Tenho andado muito ocupado ultimamente e como não tenho tempo de assistir TV, ler jornais e revistas, navegar na internet para ver o que gosto, pesquisei e resolvi experimentar o FeedReader. Caracas, adorei!! Tudo que me é interessante agora vai pra lá.. e eu não perco nada.

Tudo bem que para alguns vai parecer bobeira toda esta empolgação da minha parte. Mas a verdade é que minha desconfiança a respeito destes produtos maravilhosos da atualidade demorou um pouco mais do que o normal. Mas aí resolvi pesquisar e entender o funcionamento de cada ferramenta destas. Com a ajuda de amigos como o Edd, que me forneceu dicas preciosas, a coisa foi andando e me dando resultados além do esperado.

Então amigos, Todos os Sentidos e o Neo estão antenados mais do que nunca. Todos os blogs dos amigos e as coisas que me interessam na grande rede estão devidamente linkados através do FeedReader e quem sabe assim nosso relacionamento não tenha uma melhora? Parece bom…

Então, se você gostou da novidade, tem dicas ou quer debater o assunto, comente aí.

Aproveitando o assunto, você também pode seguir o TOS e o Neo em nosso Twitter clicando bem aqui.  E também pode assinar nosso RSS clicando bem aqui.

Ficadika!!!

Abraços a todos. Obrigado pela companhia e o carinho de sempre.

____

Neo

Comunicação é Tudo – Vol 2

Mais uma da série “Comunicação é Tudo”.

O sujeito entra num bar, senta-se à uma mesa e logo um garçom aparece para atendê-lo.

– Boa noite, o que o senhor toma?

– Eu tomo vitamina C pela manhã, o ônibus para ir ao serviço e uma aspirina quando tenho dor de cabeça.

– Desculpe, mas acho que não fui claro. Eu quis dizer o que é que o senhor gostaria?

– Ah! Tudo bem! Eu gostaria de ter uma Ferrari e mandar a minha sogra para o inferno.

– Não é nada disso, meu senhor! – continuou o garçom, ainda calmo.

– Eu só gostaria de saber o que o senhor deseja beber.

– Ah! É isso? Bem… o que é que você tem?

E o garçom:

– Eu? Nada, não! Só tô um pouco chateado porque o meu time perdeu pro São Caetano!

Veja também:

Comunicação é Tudo