Bar x Academia

Continuando a série de “defesa da não malhação”, TOS divulga o resultado de mais uma importante pesquisa:

Por que será mais fácil frequentar um bar do que uma academia?

01 – Vantagem Numérica

Existem mais bares do que academias. Logo, é mais fácil encontrar um bar no seu caminho.

1×0 pro bar…

02 – Ambiente

No bar todo mundo está alegre. É o lugar onde a dureza do dia a dia amolece no primeiro gole de cerveja

Na academia todo mundo fica suando, carregando peso, bufando e fazendo cara feia..

2×0  pro bar

03 – Amizades simples e sinceras

No bar ninguém fica reparando se você está usando o tênis da moda. Os companheiros do bar só reparam se seu copo está cheio ou vazio.

3 x 0 pro bar.

04 – Compaixão

Você já ganhou alguma saideira da academia? Alguém já te deu uma semana de ginástica de graça?

No bar, com certeza você já ganhou uma cerveja ‘por conta’

4×0 pro bar..

05 – Liberdade

Você pode falar palavrão na academia?

5×0 pro bar

06 – Libertinagem e Democracia

No bar você pode dividir um banco com uma pessoa do sexo oposto ou do mesmo sexo. O problema é seu…

Na academia, dividir um aparelho dá até briga

6×0 pro bar

07 – Saúde

Você já viu um barista (frequentador de bar) reclamando de dores musculares, joelho bichado, tendinite?

7×0 pro bar

08 – Saudosismo

Alguém já tocou sua música romântica preferida na academia? É só bate-estaca, não é?

8×0 pro bar

09 – Emoção

Onde você comemora a vitória do seu time? No bar ou na academia?

9×0 pro bar

10 – Memória

Você já aprontou algo na academia, digno de contar para os seus netos?

10×0 pro BAR!!!

Portanto, se você tem amigos na academia repasse este informativo para salvá-los do mau caminho…

PS: Você já fez amizade com alguém tomando Gatorade? (saideira…)

Uso Avançado da Língua Portuguesa

Então blogspectadores do TOS…

Continuando nossa missão informativa e de utilidade pública que as Organizações TOS levam muito a sério (jesus!!!), publicamos o Pequeno Guia Avançado da Língua Portuguesa, com alguns termos cultos e avançadíssimos para você impressionar seus amigos nos happy hours de quinta, de sexta… ah, se vira!

Começamos com…

Creditar o primata = pagar mico

Derrubar com a extremidade do membro inferior o sustentáculo de uma das unidades de acampamento = chutar o pau da barraca

Derrubar com intenções mortais = cair matando

Sequer considerar a utilização de um pedaço de madeira = nem a pau

Derramar água pelo chão através do tombamento violento e premeditado de seu recipiente = chutar o balde

E por fim… (e muito útil para mulheres…)

Pode retirar o filhote de equino da perturbação pluviométrica = pode tirar o cavalinho da chuva…

Agora me diz se isso aí não é utilíssimo na vida de uma pessoa…

_______

Neo

Lógica…

Lição de lógica:

Quanto mais se aprende, mais se sabe.

Quanto mais se sabe, mais se esquece.

Quanto mais se esquece, menos se sabe.

Então pra que aprender??

Afff.. cada coisa que vejo!!!

Sobre o MSN

Mais um serviço de utilidade pública, ‘divulgativo’ e ‘opiniativo’ do TOS. Lembrando que esta é uma obra de quase ficção. Qualquer semelhança com fatos ou nomes reais terá sido mera coincidência.

……….

Sempre odiei o que a maioria das pessoas fazem com os seus MSN’s. Não estou falando desta vez dos emoticons insuportáveis que transformaram a leitura em um jogo de decodificação, mas as declarações de amor, saudades, empolgação traduzidas através do nick.

O espaço ‘nome’ foi criado pela Microsoft para que você digite O NOME que lhe foi dado no batismo. Assim seus amigos aparecem de forma ordenada e você não tem que ficar clicando em cima dos mesmos pra descobrir que ‘Vendo Abadá do Chiclete e Ivete’ é na verdade Tiago Carvalho, ou ‘Ainda te amo Pedro Henrique’ é o MSN de Marcela Cordeiro.

Mas a melhor parte da brincadeira é que normalmente o nick diz muito sobre o estado de espírito e perfil da pessoa. Portanto, toda vez que você encontrar um nick desses por aí, pare para analisar que você já saberá tudo sobre a pessoa…

Então vejamos:

‘A-M-I-G-A-S o fim de semana foi perfeito!!!’ acabou de entrar.

Essa com certeza, assim como as amigas piriguetes (perigosas), terminou o namoro e está encalhadona. Uma semana antes estava com o nick ‘O fim de semana promete’. Quer mostrar pro ex e pros peguetes (perigosos) que tem vida própria, mas a única coisa que fez no fim de semana foi encher o rabo de Balalaika, Baikal e Velho Barreiro e beijar umas bocas repetidas. O pior é que você conhece o casal e está no meio desse ‘tiroteio’, já que o ex dela é também conhecido seu, entra com o nick ‘Hoje tem mais balada!’, tentando impressionar seus amigos e amigas e as novas presas de sua mira, de que sua vida está mais do que movimentada, além de tentar fazer raiva na ex.

‘Polly em NY’ acabou de entrar.

Essa com certeza quer que todos saibam que ela está em uma viagem bacana. Tanto que em breve colocará uma foto da 5ª Avenida no Orkut com a legenda ‘Eu em Nova York’. Por que ninguém bota no Orkut foto de uma viagem feita a Praia-Grande – SP?

‘Quando Deus te desenhou ele tava namorando’ acabou de entrar.

Essa pessoa provavelmente não tem nenhuma criatividade, gosto musical e interesse por cultura. Só ouve o que está na moda e mais tocada nas paradas de sucesso. Normalmente coloca trechos como ‘Diga que valeuuu’ ou ‘O Asa Arreia’ na época do carnaval.

Por que a vida faz isso comigo?’ acabou de entrar.

Quando essa pessoa entrar bloqueie imediatamente. Está depressiva porque tomou um pé na bunda e irá te chamar pra ficar falando sobre o ex.

‘Maria Paula ocupada prá c***** ‘ acabou de entrar.

Se está ocupada prá c*****, por que entrou cara-pálida? Sempre que vir uma pessoa dessas entrar, puxe papo só pra resenhar; ela não vai resistir à janelinha azul piscando na telinha e vai mandar o trabalho pro espaço. Com certeza.

‘Paulão, quero você acima de tudo’ acabou de entrar.

Se ama compre um apartamento e vá morar com ele. Uma dica: Mulher adora disputar com as amigas. Quanto mais você mostrar que o tal do Paulão é tudo de bom, maiores são as chances de você ter o olho furado pelas sua amigas piriguetes (perigosas).

‘Marizinha no banho’ acabou de entrar.

Essa não consegue mais desgrudar do MSN. Até quando vai beber água troca seu nick para ‘Marizinha bebendo água’. Ganhou do pai um laptop pra usar enquanto estiver no banheiro, mas nunca tem coragem de colocar o nick ‘Marizinha matriculando o moleque na natação’.

‘ < . ººº< . ººº< / @ || e $ $ ! || |-| @ >ªªª . >ªªª >’ acabou de entrar.

Essa aí acha que seu nome é o Código da Vinci pronto a ser decodificado. Cuidado ao conversar: ela pode dizer ‘q vc eh mtu déixxx, q gosta di vc mtuXXX, ti mandá um bjuXX’.

‘Galinha que persegue pato morre afogada’ acabou de entrar.

Essa ai tomou um zig e está doida pra dar uma coça na piriguete que tá dando em cima do seu ex. Quando está de bem com a vida, costuma usar outros nicks-provérbios de Dalai Lama, Lair de Souza e cia.

‘VENDO ingressos para a Chopada, Camarote Vivo Festival de Verão, ABADÁ DO EVA, Bonfim Light, bate-volta da vaquejada de Serrinha e LP’ acabou de entrar.

Essa pessoa está desesperada pra ganhar um dinheiro extra e acha que a janelinha de 200 x 115 pixels que sobe no meu computador é espaço publicitário.

‘Me pegue pelos cabelos, sinta meu cheiro, me jogue pelo ar, me leve pro seu banheiro…’ acabou de entrar.

Sempre usa um provérbio, trecho de música ou nick sedutores. Adora usar trechos de funk ou pagode com duplo sentido. Está há 6 meses sem dar um tapa na macaca e está doida prá arrumar alguém pra fazer o servicinho.

‘Danny Bananinha’ acabou de entrar.

Quer de qualquer jeito emplacar um apelido para si própria, mas todos insistem em lhe chamar de Melecão, sua alcunha de escola. Adora se comparar a celebridades gostosas, botar fotos tiradas por si mesma no espelho com os peitos saindo da blusa rosa. Quer ser famosa. Mas não chegará nem a figurante do Linha Direta.

Bom é isso, se quiserem escrever alguma mensagem, declaração ou qualquer coisa do tipo, tem o campo certo em opções ‘digitem uma mensagem pessoal para que seus contatos a vejam’ ou melhor, fica bem embaixo do campo do nome!! Vamos facilitar!!!!

….

Texto creditado a Arnaldo Jabor (mas com tudo que anda rolando por aí… realmente não sei dizer se é dele. Porém… como achei interessante e engraçado, quis compartilhar com vocês…)

Abraços do Neo

 

 

Regras Para uma Partida de Futebol de Rua…

Olá pessoal,

Mais uma vez o T.O.S®, grande cooperador das questões socialísticas e futebolísticas nacionais e internacionais, e também cumprindo seu papel social e informativo, vem por meio deste compêndio, comunicado, texto, tutorial, enfim… post, publicar este grande tratado do futebol.

Portanto, se você é mais uma daquelas pessoas que ficam o final de semana inteiro jogando uma pelada no meio da rua e ainda se acha um grande esportista, esta matéria é para você!

Regras para uma Boa Partida de Futebol de Rua

DA BOLA

A bola pode ser qualquer coisa remotamente esférica. Até uma bola de futebol serve. No desespero, usa-se qualquer coisa que role, como uma pedra, uma lata vazia ou a merendeira do irmão menor, que sairá correndo para se queixar em casa. No caso de se usar uma pedra, lata ou outro objeto contundente, recomenda-se jogar de sapatos, de preferência os novos, do colégio. Também é permitido o uso de legumes e frutas no lugar da bola. Nestes casos recomenda-se a laranja, maça, chuchu e a pêra. Desaconselha-se o uso de tomates, melancias e, claro(!!!), ovos. O abacaxi também pode ser usado, mas aí ninguém vai querer ficar no gol.

DO GOL
O gol pode ser feito com o que estiver à mão: tijolos, paralelepípedos, camisas emboladas, os livros da escola, a merendeira do seu irmão menor e até o seu irmão menor, apesar dos seus protestos. Quando o jogo é importante, recomenda-se latas de lixo. Cheias. Para agüentar o impacto. A distância regulamentar entre um gol e outro dependerá de discussão prévia entre os jogadores. As vezes esta discussão demora tanto que quando a distância fica acertada está na hora de ir jantar.

Parágrafo Único: Lata de lixo virada é meio gol.

DO CAMPO

O campo pode ser só até o fio da calçada, calçada e rua, rua e a calçada do outro lado e, nos clássicos, o quarteirão inteiro. O mais comum é jogar só no meio da rua.

DA DURAÇÃO DO JOGO

O jogo dura até a mãe chamar ou escurecer. Nos jogos noturnos, até alguém da vizinhança ameaçar chamar a polícia.

DA FORMAÇÃO DOS TIMES

Varia de 2 a 70 jogadores de cada lado. Ruim vai para o gol. Perneta joga na ponta, esquerda ou a direita, dependendo da perna que faltar. De óculos é meia-armador, para evitar os choques. Gordo é zagueiro.

DO JUIZ

Não tem juiz.

DAS INTERRUPÇÕES

No futebol de rua, a partida só pode ser paralisada em uma destas eventualidades:

a) – Se a bola for pra baixo de um carro estacionado e ninguém conseguir tirá-la. Mande seu irmão menor.

b) – Se a bola entrar por uma janela. Neste caso os jogadores devem esperar 10 minutos pela devolução voluntária da bola. Se isso não ocorrer, os jogadores devem designar voluntários para bater na porta da casa e solicitar a devolução, primeiro com bons modos e depois com ameaças de depredação.

Parágrafo 1º – Se o apartamento ou casa for de militar reformado com cachorro em casa, deve-se providenciar outra bola. (Ver ítem 1)

Parágrafo 2º – Se a janela atravessada pela bola estiver com o vidro fechado nesta ocasião, os dois times devem reunir-se rapidamente e deliberar o que fazer. (a alguns quarteirões de distância).

c) – Quando passarem pela calçada:

1 – Pessoas idosas ou com necessidades especiais;

2 – Senhoras grávidas ou com criança de colo;

3 – Aquela gostosa da rua de cima, que nunca usa sutiã.

Parágrafo único: Se o jogo estiver empatado em 20 a 20 e quase terminando esta regra pode ser ignorada. E se alguém estiver no caminho do time atacante, azar. Ninguém mandou invadir o campo.

d) Quando passarem veículos pesados. De ônibus para cima. Bicicletas e Fusquinhas podem ser chutados junto com a bola e, se entrar, é gol.

DAS SUBSTITUIÇÕES

São permitidas substituições no caso de um jogador ser carregado para casa pela orelha para fazer lição ou em caso de atropelamento.

DO INTERVALO PRA DESCANSO:

Você deve estar de brincadeira…

DA TÁTICA

Joga-se o futebol de rua mais ou menos como o futebol de verdade (que é ‘respeitosamente’ chamado de pelada), mas com algumas importantes variações:

a) -O goleiro só é intocável dentro de sua casa, pra onde fugiu gritando por socorro.

b) – É permitido entrar na área adversária tabelando com uma Kombi. Se a bola entrar é gol, se dobrar a esquina é escanteio.

DAS PENALIDADES

A única falta prevista nas regras do futebol de rua é atirar o adversário dentro do bueiro. É considerada atitude antiesportiva e punida com tiro livre indireto.

DA JUSTIÇA DESPORTIVA

Os casos de litígio serão resolvidos no tapa.

……

Origem dos Grupos de Pagode

Olá pessoas!

O Todos os Sentidos – T.O.S, cumprindo seu papel de veículo formador de opinião coloca no ar a série cultural inútil iniciada com este singelo post. O T.O.S informa que não faz nenhum tipo de acepção a pessoas, estilos, ritmos, manias, grupos, bandas, times, bordões e qualquer comportamento que tenha ligação direta com o texto a seguir ou qualquer outro da série “cultura inútil” que possa ser publicado aqui, mas como o texto era muito engraçado interessante, resolvemos publicá-lo.

A origem do pagode mela cueca, ou pagode meloso, ou pagode gosmento, ou ainda o pagode maria-mole é um tanto quanto desconhecida. DIZ A LENDA que dois camaradas que foram expulsos de um grupo de samba, porque choravam demais, não tinham resistência à bebida e não sabiam tocar cavaquinho, decidiram se juntar e formar um novo grupo…

– Mas não podiam ser uma dupla, porque isso é coisa de sertanejo.

– Não podiam ser um trio, porque isso é coisa de KLB e de dançarinos do É o Tchan.

– Não podiam ficar em quatro porque isso é MPB, tipo MPB 4 & Quarteto em Si.

– Não podiam ser cinco porque isso é coisa de Menudos, Bro’z, Polegar e Dominó.

Então ficou estabelecido que para montar um grupo de pagode é preciso pelo menos 6 pessoas. Além disso existem outros requisitos, que listaremos a seguir:

– Eles devem vir do mesmo bairro e terem mais ou menos a mesma idade.

– Um tem que ter cara de velho safado (podem perceber, sempre tem um).

– Um tem que ser baixinho e terá um nome que termine com “inho”, como Paulinho, Huguinho, Zezinho ou Luisinho.

– Eles devem usar a mesma roupa quando se apresentam, mesmo que ela tenha três (ou mais) cores e lantejoulas.

O esquema de apresentação na TV é o seguinte:

– Um fica na frente, dublando e abraçando as fãs (aquelas meninas que gritam sem parar).

– Um batuca um pandeiro, e outro dubla um cavaquinho.

– O resto se movimenta para os lados e balançam a cabeça em passos sincronizados. Toda vez que na letra da música aparecer a palavra: “você”, é necessário apontar com o dedo indicador e sorrir (tipo sorriso dengoso) para as fãs, ou para o telespectador. Feito.

IMPORTANTE:

Notem que seis é apenas o mínimo necessário, você pode colocar quantos amigos e parentes quiser no grupo.