Humor: Ainda em Campanha?

Então que este blog aqui estava precisando de um toque(zinho) de humor. Daí vejo que surgiu novamente aquela velha questão, que sempre rendeu diversos debates de cientistas e estudiosos, músicos, apresentadores e artistas em geral.

Então  o TOS, agregador de opiniões e causador de polêmica (e risos, quando possível) lança a questão a partir do ponto de vista do nosso eterno candidato Serra, e a ‘presidenta’ eleita, Dilma. Vamos aos fatos.

Por que a galinha atravessou a rua?

Segundo Dilma Rousseff: “No que se refere ao fato de a galinha ter cruzado a rua, eu considero que este é mais um ganho do governo do presidente Lula. Eu considero que foi apenas depois que o presidente Lula me pediu para coordenar o PAC das Ruas é que as galinhas no que se refere ao cruzamento das ruas tiveram a oportunidade de poder cruzar as ruas, coisa que, aliás, só as galinhas com maior poder aquisitivo podiam no governo FHC, no qual o meu adversário foi ministro do Planejamento e da Saúde”.

Segundo José Serra: “Olha, este é mais um trololó da campanha petista. Veja bem, as galinhas cruzam as ruas no Brasil, há anos. Eu mesmo coordenei a emenda na Constituição que permite o direito de ir e vir das galinhas. Eles ficam falando que foram eles que inventaram esse cruzamento de ruas, mas já no governo Montoro, quando eu era secretário do Planejamento, as galinhas cruzaram as ruas com maior segurança. Eu, por exemplo, criei o programa Galinha Paulistana, que permitiu que milhares de galinhas pudessem cruzar as ruas e, agora no meu governo, vou criar o “Ministério da Galinha Brasileira”, em que toda galinha terá direito de cruzar as ruas quantas vezes quiser”.

___

Das coisas que recebo no meu email…

Lembrando sempre que o TOS se declara ‘apartidário’ e laico e que todos os fatos aqui mencionados são obra de ficção, ou do acaso, ou da imaginação alheia, e que qualquer semelhança com fatos reais terá sido mera coincidência.

Neo

 

Anúncios

Série: Eleitores do Brasil – Episódio Final

EPISÓDIO FINAL

Esperando ser atendido numa pizzaria observei um homem pedindo uma pizza para viagem. Ele estava sozinho e o pizzaiolo perguntou se ele preferia que a pizza fosse cortada em 6 pedaços ou em 8. Ele pensou algum tempo, antes de responder: ‘Corte em 6 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 8 pedaços.’

Isso mesmo, ele também vota!

A vida agradece!

________

Brincadeira ou não, as histórias citadas durante a série foram recebidas por mim via email há bastante tempo e eu creio podem refletir sim a realidade de uma boa parcela da população votante do nosso país.

Por ignorância ou desatenção muitos não tem condição de assumir esta responsabilidade obrigatória do voto. Muitos, por ignorância ou mesmo necessidade alimentam e elegem candidatos em troca de favores ou até mesmo uma cesta básica, um sapato ou qualquer outra coisa que venha suprir a necessidade do momento.

Oportunistas não faltam!

Vale lembrar mais uma vez que os depoimentos publicados no decorrer desta série são obras de ficção e qualquer semelhança com a realidade terá sido por coincidência.

Espero que tenham gostado. Grande abraço.

Neo

Série: Eleitores do Brasil – Episódio 08

EPISÓDIO 8

Eu não conseguia achar minhas malas na área de bagagens do aeroporto. Fui, então, até o setor de bagagem extraviada e disse à mulher que minhas malas não tinham aparecido. Ela sorriu e me disse para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos. ‘Apenas me informe… o seu avião já chegou?’

Ela também vota!

______

Continua…

Série: Eleitores do Brasil – Episódio 07

EPISÓDIO 7

Saí com uma amiga e vimos uma mulher com um aro no nariz, atrelado a um brinco, por meio de uma corrente.

Minha amiga disse: ‘Será que a corrente não dá um puxão a cada vez que ela vira a cabeça?’

Expliquei que o nariz e a orelha de uma pessoa permanecem à mesma distância, independente da pessoa virar a cabeça ou não.

Minha amiga também vota!

_____

Continua…

Série: Eleitores do Brasil – Episódio 06

EPISÓDIO 6

Meus amigos e eu fomos comprar cerveja para uma festa e notamos que os engradados tinham desconto de 10%. Como era uma festa grande, compramos dois engradados.

O caixa multiplicou 10% por 2 e nos deu um desconto de 20%.

Ele também vota!

____

Continua…

Série: Eleitores do Brasil – Episódio 05

EPISÓDIO 5

Minha cunhada tem uma ferramenta salva-vidas no carro, projetada para cortar o cinto de segurança, se ela ficar presa nele.

Ela guarda a ferramenta no porta-malas!

Minha cunhada também vota!

_____

No Comments

Continua…

Série: Eleitores do Brasil – Episódio 04

EPISÓDIO 4

Meu colega e eu estávamos almoçando no restaurante self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes administrativas falando a respeito das queimaduras de sol que ela havia tido, ao ir de carro ao litoral.

Estava num conversível, por isso, “não pensou que ficaria queimada, pois o carro estava em movimento.”

Ela também vota!

______

Continua…