Enlouquecendo a Dois – Vol 3

Presente de sexta!! (sexta categoria ou sexta-feira? decidam… hhe). Mais uma da série “Enlouquecendo a Dois”. Divirtam-se:

TERAPIA DE CASAL

Marido e mulher vão ao psicólogo após 20 anos de matrimônio. Quando são perguntados sobre o problema a mulher tira uma lista longa e detalhada de todos os problemas que teve durante os vinte anos de casamento: pouca atenção, falta de intimidade, vazio, solidão, não sentir-se amada, não sentir-se desejada… uma lista interminável.

Finalmente o terapeuta levanta-se, aproxima-se da mulher, pede que ela pare, lhe dá um abraço e a beija apaixonadamente enquanto o marido os observa desconfiado.

A mulher fica muda e senta-se na cadeira aturdida…

O terapeuta se dirige ao marido e lhe diz

– Isto é o que a sua esposa necessita pelo 3 vezes por semana. Pode fazê-lo?

O marido medita um instante e responde:

– Bem, posso trazê-la nas segundas e quartas, mas nas sextas… tenho futebol…

____________

Hahaha. Tem jeito??

..

Mais da série:

Enlouquecendo a Dois – Vol 1

Enlouquecendo a Dois – Vol 2

Mulheres Não Guardam Rancor…

Esta poderia fazer parte da série “Enlouquecendo a Dois”… mas seria uma coisa muito transcendental…

Após um longo período de doença a mulher morre e chega aos portões do Céu. Enquanto aguardava São Pedro ela espiou pelas grades e viu seus pais, amigos e todos que haviam partido antes dela sentados á mesa apreciando um maravilhoso banquete. Quando São Pedro chegou ela comentou:

– Que lugar lindo! Como faço pra entrar?

– Eu vou falar uma palavra. Se você soletrá-la corretamente na primeira entra. Se errar vai direto para o inferno.

Ela respondeu:

– Tá. Qual é a palavra?

– AMOR.

Ela soletrou corretamente e passou pelos portões.

Cerca de um ano depois São Pedro pediu que ela vigiasse os portões naquele dia. Para seu espanto, o marido apareceu:

– Oi! Que surpresa! – disse ela – Como você está?

– Ah! Eu tenho estado muito bem desde que você morreu. Casei-me com aquela bela enfermeira que cuidou de você, ganhei na loteria e fiquei milionário. Vendi a casa onde vivemos e comprei uma mansão. Eu e minha esposa viajamos por todo o mundo. Estávamos de férias e eu fui esquiar hoje. Caí, o esqui bateu em minha cabeça e cá estou eu. Como faço para entrar querida?

– Eu vou falar uma palavra. Se você soletrá-la corretamente na primeira entra. Se errar vai direto para o inferno.

– Tá. Qual é a palavra?

– ARNOLDSCHWARSZENEGGER.

Huahuahua.. bocó. Falou demais… (e ela ainda juntou os dois nomes… hahaha)

Mais sobre casais:

Enlouquecendo a Dois – Vol 1

Enlouquecendo a Dois – Vol 2

Duas semanas de casamento. O marido, apesar de feliz, já estava com uma vontade reprimida de sair com a galera para fazer a festa. Aí ele fala pra sua queridinha:

– Amorzinho, vou dar uma saidinha mas não demoro…

– Onde você vai, meu docinho…?

– Ao barzinho tomar uma geladinha..

A mulher bota a mão na cintura e responde:

– Quer cervejinha meu amor? – Nesse momento abre a porta da geladeira e lhe mostra 25 marcas diferentes de cervejas de 12 países, alemãs, holandesas, japonesas, americanas, mexicanas,etc. O marido, sem saber o que fazer responde:

– Meu docinho de coco… mas no bar… você sabe… o copo gelado…

Quer copo gelado, amor? – Nesse momento ela pega no freezer um copo bem gelado, branco, branco que até tremia de frio. O marido responde:

Mas minha princesa, no bar tem aqueles salgadinhos gostosos… Já estou voltando, tá?

Quer salgadinho, meu amor??? – A mulher abre o forno e tira 15 pratos de salgadinhos diferentes, quibe, coxinha, pastel, pipoca, amendoim, coração de galinha, queijo derretido, torresmo…

– Mas, minha Pixunguinha. .. lá no bar… você sabe…. os palavrões, tudo aquilo…

– Quer palavrões meu amor? Então vai pra puta que o pariu, porque daqui de casa você não sai nem fodendo. E se você tentar mais uma desculpinha de merda dessas eu te corto o saco fora seu desgraçado!

Mais da série:

Enlouquecendo a Dois – Vol 1

Mulheres não Guardam Rancor