Veio…

insoneQuando me vi tendo de viver comigo apenas e com o mundo, você me veio como um sonho bom e me assustei. Não sou perfeito.

A riqueza que nós temos ninguém consegue perceber.

E de pensar nisso tudo… eu, homem feito, tive medo e não consegui dormir…

___

Neo

Da música de Renato Russo, traduzindo sensações vivas

Limites…

Antes eu escrevia.

Hoje apenas penso. Penso tanto que me perco nas viagens da mente.

As vezes volto a ser menino.

As vezes sou rei, patrão, milionário, jogador, famoso.

Aí já não escrevo mais.

Dá um ‘branco’ quando vejo a tela branca do editor de textos piscando aquele prompt, com uma mensagem escondida entre cada piscada: ‘escreva logo’.

Intimidado, mudo o rumo da prosa.

Abro um site qualquer e fico viajando nas notícias, matérias, piadas, descobertas e amenidades, destas que existem aos milhares ou que se espalham em minutos.

Volto meus olhos pra tela branca, enquanto meu adversário continua piscando a mensagem: “não vai escrever nada?”

Daí volto ao ponto de partida e começo a pensar e viajar.

Antes, eu escrevia…

____

Neo